Minhas Atividade

RODRIGO LUCIANO CABRAL posted a blog post
A curiosa síndrome do "olhem pra mim sou diferentão(na) foi tônica deste ano todo, muita gente fazendo a maior questão de alimentar a polarização de tudo e é claro de se eximir totalmente da responsabilidade sobre isso, por que são sempre os "outros…
30 de Dez de 2018
RODRIGO LUCIANO CABRAL posted a blog post
Outro dia estava indo trabalhar e me deparei com um sujeito urinando em seu próprio quintal! Isso mesmo URINANDO no quintal. Fiquei pensando:Isso sim é LIBERDADE,o quintal é dele ele faz como quiser,se quer urinar lá...que seja. Mas me fez ficar pen…
26 de Nov de 2018
RODRIGO LUCIANO CABRAL commented on Lilian Ferraz's blog post Vai lá na chuva
"De fato sempre que posso vou mesmo...texto muito bom de se ler."
25 de Nov de 2018
RODRIGO LUCIANO CABRAL posted blog posts
25 de Nov de 2018
RODRIGO LUCIANO CABRAL posted a blog post
Já escrevi palavras na areiaSabia que o mar viria busca-lasJá desejei delicias mundanasJamais foram minhasNão conheci terras exóticasNenhum jardim inglês pra mimNada de índia misteriosaSem Nemo sem NautilusMas cantei canções no escuroLa onde ninguém…
20 de Nov de 2018
RODRIGO LUCIANO CABRAL posted a blog post
Já escrevi palavras na areiaSabia que o mar viria busca-lasJá desejei delicias mundanasJamais foram minhasNão conheci terras exóticasNenhum jardim inglês pra mimNada de índia misteriosaSem Nemo sem NautilusMas cantei canções no escuroLa onde ninguém…
16 de Nov de 2018
RODRIGO LUCIANO CABRAL posted a blog post
  De passado e sombras...Antigos dias sem escolhasTaças lascadas de vinho velhoEncorpado e saboroso na noite longa...É celta a canção do vento esta noite?Nevoas por toda a parteEspada na rocha talvez?Velho mago ancião na montanha?Quem sabe?Um novo e…
3 de Nov de 2018
RODRIGO LUCIANO CABRAL posted blog posts
29 de Out de 2018
RODRIGO LUCIANO CABRAL posted a blog post
 Hoje estive pensando sobre um termo muito em voga na internet nestes tempos de eleição. "ISENTÃO" .Aparentemente para algumas pessoas ou vc escolhe um lado ou escolhe o outro e não há nadaaa entre eles a não ser um limbo estagnado de gente que não…
18 de Out de 2018

Meu Blog

ANO DE DIFERENTÕES

A curiosa síndrome do "olhem pra mim sou diferentão(na) foi tônica deste ano todo, muita gente fazendo a maior questão de alimentar a polarização de tudo e é claro de se eximir totalmente da…
Saiba mais…

A LIBERDADE DE SER HUMANO!

Outro dia estava indo trabalhar e me deparei com um sujeito urinando em seu próprio quintal! Isso mesmo URINANDO no quintal. Fiquei pensando:Isso sim é LIBERDADE,o quintal é dele ele faz como quiser,se…
Saiba mais…

A SOMBRA NA SUA CABEÇA

Nas esquinas onde morrem os sonhos
Em pretéritos perfeitos e esquecidos
Eu vi você...
Saudosa de alguma dose antiga que "bateu" faz tempo
Louca na névoa sem lugar pra ir
Sem querer ir...
Existe acaso em tua loucura…

Saiba mais…

A beirada do mundo

Eu sofro do olhar calcinado de quem viu demais das sombras
Tantos cinzas manchando as paisagens do meu mundo
E eu precisando de algo
Alguma coisa minha que jaz perdida já há muito tempo
Nem sei bem o que
Eu deixo os…

Saiba mais…

DIÁRIO DE AREIA

Já escrevi palavras na areia
Sabia que o mar viria busca-las
Já desejei delicias mundanas
Jamais foram minhas
Não conheci terras exóticas
Nenhum jardim inglês pra mim
Nada de índia misteriosa
Sem Nemo sem…

Saiba mais…

DIÁRIO DE AREIA

Já escrevi palavras na areia
Sabia que o mar viria busca-las
Já desejei delicias mundanas
Jamais foram minhas
Não conheci terras exóticas
Nenhum jardim inglês pra mim
Nada de…

Saiba mais…

GESTOS PEQUENOS

Eu entendo que com o tempo a gente vai perdendo coisas vai se perdendo. Faz parte do assombroso processo chamado vida,pessoas vem e vão...elas nascem em sua vida de muitas maneiras e tem vidas curtas…
Saiba mais…

NADA DE NOVO SOB O SOL

É interessante perceber como o pobre ser humano é previsível...O circo eleitoral acabou,"vitoriosos" comemoram e contam as vantagens que não tem,apegados as ilusões que logo serão desfeitas."Derrotados" choramingam suas acusações e mazelas e…

Saiba mais…

Comentarios

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.

Sobre Mim

Aniversário:

Agosto 14


1) Qual o teu nome completo?

RODRIGO LUCIANO CABRAL


3) Data de nascimento (não é necessário o ano)

14/08/76


4) Local de residência (apenas Cidade, Estado e País)

BRASIL RIO GRANDE DO SUL IMBÉ


5) Mini Currículo (trabalho, experiências, gostos e ou preferências, família, produção poético-literária...).

O que dizer sobre mim,que eu considere que seja quem for deva saber? Eu trabalho com comercio um ramo onde você aprende que as pessoas são cheias de vontade e vazias de possibilidades. Produção literária ? Não considero que eu tenha uma,tenho 40 anos e a uns 30 vago por ai escrevendo quando tenho ideias e postando nos lugares mais incertos...eu só escrevo ...e é o que me basta. Família? Protejo a minha e ela me protege ...eis tudo. Gostos? Gosto de inúmeras coisas inconfessáveis e tantas outras inócuas eu amo a possibilidade de poder fazer tanto quanto amo poder não fazer qualquer coisa. Creio que isso deve bastar.


6) Quem o/a indicou para a Casa dos Poetas e da Poesia (ou como ficou sabendo desta)?Cite o nome da pessoa que a/o indicou ou convidou.

Edith Lobato


8) Está ciente que as poesias eróticas (caso as tenha), devem ser postadas no Grupo de Literatura erótica?

sim


9) Concorda em participar e interagir conforme possa, com os demais membros nas atividades da Casa?

sim


10) Está ciente que NÃO DEVE POSTAR mais que 3 (três) Mensagens por dia no Blog Geral?

sim


11) Deixe o Link do Facebook, Recanto das Letras ou outro site onde possamos saber mais de você.

http://https://www.facebook.com/rodrigorlc.cabral


12) Publique neste espaço, uma Poesia ou texto de tua autoria. (não precisa ser extensa/o)

ULTIMA ROSA A ultima rosa ainda esta onde ela a plantou... Percebe a rosa que ela não vai voltar? A ultima rosa no ultimo canteiro... Entende a rosa que acabou? A brisa sopra segredos pra ela mas nunca verdades Se hoje chover cairão só lagrimas? A ultima rosa sabe que esta só? Entende o destino que a tolheu? Sem mãos gentis para rega-la Sem piedosa caricia... Só o tempo... A ultima rosa tem memória? A ultima rosa sabe esperar? Que fome sente a rosa solitária? Que sede é esta que ela tem? A ultima rosa ainda onde ela a plantou... Resiste...resiste...resiste.


Minhas fotos

Conquistas pela participação


Pontos ganhos: 858

Grupos que participo

Minhas Discussões

Autor em tela

CPP