Inspirações

Perseguindo a felicidade

 

Alberto Valença Lima

Estava à toa no quarto
Pensava no que me falta
De tudo já me sentia farto
Não me senti um peralta.

 

Por, atrás estar, da felicidade,
Buscar entre estrelas de malta
Alguma perdida verdade,
Nas luzes desta ribalta.

 

Agora que aqui cheguei.
O vagalume não descarto.
Felicidade no coração se espalha.

 

Sejam da ribalta ou das estrelas,
Luz, sempre ilumina o escuro.
A felicidade é minha. Eu juro!

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP