Gestores

Railroad Nossa NOB Ferrovia... ... .

*** *** *** ***
Railroad Nossa NOB Ferrovia... ... .
*
Ah - Me lembro de um tempo tão distante
em que neste País a NOB Ferrovia existia
Eu viajava por este País - sou Kaminhante
E em cada Estação uma Poesia re-Nascia
**
O Tempo foi passando e o País na contra-mão
pelos DesGovernos sem Ordem e sem Progresso
Investiram só em Rodovias, pról da Corrupção,
Assim foi que Nosso País entrou em retrocesso
***
Re-Assisto os Mocinhos nos Faroestes
cortejando as Mocinhas nas Railroads
Relembro da NOB Estrada de Ferro Noroeste
****
Fico a pensar assim: - Como é que pode
Fechar a nossa Ferrovia "Leste a Oeste"
Sem que a doce Saudade incomode???
*** * ***
1601 - gaDs
*** *** *** ***
z


Z K

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –
Gestores

"Vamos disseminar as Sementinhas de Amor pelas Estradas de nossas vidas!"

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    Também me fascina o tema. Nasci num lugar onde havia trem, mas disto o que posso dizer é que vi somente os trilhos, quando cresci tudo já era passado.

    Duras saudades e doces lembranças.

     

  • Tenho lembranças desse belos tempos onde tudo era diferente, a pureza da vida se resplandecia

  • Sem palavras,Zeca!!

    Voce é millllllllllllllll!

    Beijossssssssssss

  • Eu também tenho boas recordações dos comboios. Ainda hoje gosto. Parece que foi numa outra época, muito distante. Ainda hoje quando visito alguma cidade aqui no Canadá, que mantém as antigas linhas férreas e os velhos comboios, sou assaltada por sentimentos que nem eu sei explicar.  A preservação delas contam a história da construção das linhas férreas, a importância delas para o comércio e o abrir a possibilidade de viajar por cidades quase isoladas. Uma delas é Revelstoke em British Columbia, uma das províncias mais bonitas do Canadá. O seu poema vem ao encontro deste meu fascínio por comboios e estações . 

    • Gestores

      UAU - Querida Menina Poeta Fernanda Mesquita que enfeita ainda mais o maravilhoso Canadá...

      Teu comentário acima - é u'a verdadeira Poesia... E traz-me a coragem de pedir que na forma que preferir (Poesia ou Texto) compartilhe conosco aqui nesta NOSSA CPP tuas maravilhosas reminiscências!

      ...

      Beijos Agradecidos - gaDs

    • A seu tempo fá-lo-ei sim. Tenho muitos textos escritos, hostórias, não editadas, algumas ainda precisando de revisão. Em Portugal existem estações lindissimas ao abandono. Ainda espero que chegue algum governo e se debruce um pouco sobre elas e as faça ter vida, ainda que apenas abram para visita. Felizmente, aqui no Canadá cada uma delas é mantida com cuidado e carinho. Podemos ver quadros antigos e fotos da chegada dos europeus aqui. Também tenho fotos, que tirei de muitas dessas estações, mas falta-me tempo para organizar isso tudo e partilhar. mas adoro. Me desculpe, Zeca, por mais um comentário meu sobre este assunto, mas é algo que me deslumbra. Assim de repente foram as fotos que encontrei, aqui no computador. É a estação de Jasper, embora não se veja na totalidade. Também podem visualizar um pouco das Montanhas Rochosas. Montanhas, outras das minhas paixóes. O silêncio que delas emanam são o paraíso para mim. Um abraço. Pertinho da estação alguns animais descem das montanhas, sem medo dos habitantes da cidade. Existe um respeito entre homem e animal. Não no caso se for um urso, lobo ou coiote. Já vi vários. Este é um Alce.Obrigado, Zeca, pelo tema do seu poema.  Abraço a todos!3694340?profile=RESIZE_1024x1024
      3694384?profile=RESIZE_1024x10243694413?profile=RESIZE_1024x1024

  • Bom soneto, além de triste e cheio de saudade....

    Parabéns.

    • Gestores

      Obrigado NIMAR CCD... 

      Para tua e de outros - Informo que a sigla "NOB" significa(va) Noroeste do Brasil se referindo à Estrada de Ferro que permitia que quem viajasse de São Paulo - Capital - atravessando todo o Estado de SP e o enorme Estado do Mato Grosso - incluindo o místico e misterioso Pantanal Matogrossense - e depois da Cidade de Corumbá - adentrava na Bolívia - permitindo até praticamente se chegar ao outro Oceano - o Pacífico.

      Infelizmente os (des)Governantes do Brasil - sucatearam e posteriormente ELIMINARAM totalmente TODA a Rede Ferroviária do Brasil em prol de implantar mais e mais Rodovias - fonte perene de volumosa corrupção...

      ...

      Obrigado pela Visita - gaDs

This reply was deleted.
CPP