Gestores

Saudades - Acróstico

 

Saudades

.

S ou qual nau à deriva em águas

A gitadas pela fúria da tempestade em

U ma vertente sem rumo e sem fim.

D ia após dia navego, busca uma direção

A esperar ancoragem em um porto seguro

D o abraço silencioso do amor num

E nlace cúmplice em aconchego quente,

S elando um verso há muito escrito.

.

Maria Angélica de Oliveira – 22/11/18

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –
Gestores

Angélica

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Um lindo acróstico falando de um tempo que deixou algo para trás mas ainda está na mente.

    Parabéns.  

    Deixo meus abraços poéticos.

    • Gestores

      Obrigada Alberto! 

  • Gestores

    419055197?profile=RESIZE_710x

    • Gestores

      Obrigada Marso pelo destaque! 

  • Maravilhoso belíssimo poema ameiiíii 

  • Gestores Adm

    Ficou lindo teu acróstico.

    Parabéns, Angel.

  • Belissimo acróstico parabéns Angel abraço...

    • Gestores

      Obrigada Eudália !!!

This reply was deleted.
CPP