Inspirações

Despedida

Resultado de imagem para surreal

Porfia em meu peito certo alento, 
Tão grandioso quanto as estrelas, 
Amando a vida em suas trovas, 
Fantasiando o coração n'alma, 
Sentindo de perto a paz das cotovias, 
Nas montanhas inertes, 
Dos meus sonhos além da morte. 
Sigo a imortalidade por meus umbrais, 
Beijo da felicidade fiel legado, 
Cintilando pelo universo infindo, 
Repleto de sentidos ouvindo a noite, 
Esperança da alvorada sorrateira, 
Acariciando o céu lentamente. 
Dos meus suspiros nascem flores, 
Rimas da última poesia do meu encanto, 
Indivisível recato ao abraço do tempo, 
Beleza da árvore da vida, 
Recriando o paraíso ao gosto arbítrio, 
Enquanto se abre a porta do destino, 
Deixando a sombra do que se foi. 

Sirlânio Jorge Dias Gomes

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Sirlanio Jorge Dias Gomes

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Encantador....

    Parabéns!

  • Adm

    678248273?profile=RESIZE_710x

  • Primoroso. 

  • Toda despedida é sofrida, porém se faz necessário pra nos intergirmos com outros viveres e outros sentires. Parabéns

  • Incrivelmente lindo! Parabéns, Sirlanio!

  • LINDÍSSIMO, Sirlanio.

    Tocou-me.

This reply was deleted.
CPP