Ismael Tavernaro Filho

 (Um poeta SemTaxe gramatical)

 

VOCÊ É UM ARTISTA

 

Você é um artista... Vende alegria...

Você é um artista, se vende tudu santo dia;

Você é mais um entre os falso moralista;

É egoísta, ego imenso, é orgulhoso;

Vende sua casa, o seu canudo, vende seu ato mentiroso e sua intensão... Quem vai saber?

Você é um artista... Vende alegria...

Vende sua classe, vende seu carro novo e seu cigarro que a veiz fala por você;

Vende sua aparência, sua vaidade e sua tal capacidade de se tão adulto;

Você é produto do meio, da inclusão e por mais que sua opinião seja filtrada, formada, somada;

Você vende seu intelecto e chega até fala mais formal, ou usa da falta de informação do outro para se engrandece;

Você se frustra nas primeira tentativa, se esconde dos problema, se esconde atráis das bebida, como se esconder fosse a melhor saída;

Agora diga...

Agora me diga... Quem é você?

Você num é exclusivo seu moço, pode até cobiça o mundo, mais o que leva num cabe nem no bolso.

Você tem inveja de fulano, de beltrano e de sua situação, daquele quem diz se seu irmão e por mais que fale - NÃO... Você sabe que tem;

Você é apegado as paixão mais corriqueira, é o cego conveniente, que finge te ceguera;

Você trai por pensamento, aumenta, inventa, reclama, lamenta;

Por num te, num se ou num esta...

Mais dexa isso pra lá.

 

 

Ismael Tavernaro Filho

 (Um poeta SemTaxe gramatical)

 

NOS BASTIDORES

 

Acorda Maria!

Põe ropa nas fia e leva na creche prai trabaiá;

Óia essa pia... As panela tá suja, criança mirrada não dá pra estuda;

Maria dexa a vela acesa no canto da sala, assim, o santo da casa pode abençoá;

 

Mais Dona Maria sabe que a vida num é fácil e é de passo em passo que um dia ela chega lá;

E sabe também que na vida tudu é passagero, que a pia, as panela e a vela vai tudu fica;

 

Levanta Jusé!

Que a aurora te chama, desce dessa cama praí trabaiá;

Veste essa farda cansada de tantas batalha vencida na vida só Deus pra ajuda;

As conta atrasada, comida e porta emperrada. Cobrança, criança na rua, muié pra cuidá;

 

Mais seu Jusé ele sabe que a vida num é fácil, que é de passo em passo que um dia ele chega lá;

Mais sabe também que na vida tudu é passagero, que a farda, as conta e porta vão tudu fica;

 

Mais todo mundo sabe que a vida num é fácil, que é de passo em passo que um dia a gente chega lá;

Sabemos também que na vida tudo é passagero, que nada que aqui se compra nóis vamu leva.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Minhas Atividade

ISMAEL TAVERNARO FILHO e ZKFeliz agora são amigos
Dez 3
ISMAEL TAVERNARO FILHO agora é membro de Casa dos Poetas e da Poesia
Dez 3

Meu Blog

Comentarios

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.

Sobre Mim

Aniversário:

Novembro 23


1) Qual o teu nome completo?

ISMAEL TAVERNARO FILHO


3) Data de nascimento (não é necessário o ano)

23 de novembro


4) Local de residência (apenas Cidade, Estado e País)

CERQUEIRA CESAR


5) Mini Currículo (trabalho, experiências, gostos e ou preferências, família, produção poético-literária...).

Ismael Tavernaro Filho Pai, poeta, filósofo e buscador espiritual, nascido em 1987 na cidade de Itapetininga/SP. Desde criança, foi um garoto muito questionador sobre as coisas da vida. Na adolescência, participou ativamente de inúmeras religiões em busca de respostas, o que fez de sua biografia uma jornada de autoconhecimento. Em 2013 viajou até as montanhas andinas para uma peregrinação, dando origem à seu primeiro livro "O QUE DISSE MATIAS DIABLO", lançado no Brasil e Portugal. No ano de 2018 publicou seu segundo livro intitulado “PENSAMENTOS FORA DA CAIXA – Uma filosofia de boteco.” Hoje, o autor reside no município de Cerqueira César, interior de São Paulo. Trabalha em uma ONG de promoção aos direitos humanos e dedica boa parte do seu tempo estudando as culturas da Índia.


6) Quem o/a indicou para a Casa dos Poetas e da Poesia (ou como ficou sabendo desta)?Cite o nome da pessoa que a/o indicou ou convidou.

pesquisa site de busca


8) Está ciente que as poesias eróticas (caso as tenha), devem ser postadas no Grupo de Literatura erótica?

sim


9) Concorda em participar e interagir conforme possa, com os demais membros nas atividades da Casa?

sim


10) Está ciente que NÃO DEVE POSTAR mais que 3 (três) Mensagens por dia no Blog Geral?

sim


11) Deixe o Link do Facebook, Recanto das Letras ou outro site onde possamos saber mais de você.

http://https://www.facebook.com/ismael.tavernarofilho


12) Publique neste espaço, uma Poesia ou texto de tua autoria. (não precisa ser extensa/o)

Rosa da Silva Rosa morena é muié namoradera, quando ela passa os home para pra olha; Saia rodada vem descendo a ladera, num tem quem num sinta seu perfume pelo ar; Beleza simples essa é sua riqueza, de sangue quente o sol queimo pra lhe enfeita; Dona de casa Rosa é trabalhadera, Rosa da Silva minha sina pra casa; Rosa! Tu és a flô do meu jardim; Tu és o amor que eu sempre quis morena; Quero você perto de mim; Óia... Quero você perto de mim; Óia... Tu és a flô do meu jardim; As margarida fica tudu com ciúme, Dama da noite nem de noite se arrumo; Cravina flô, Comigo ninguém pode, num pode mesmo até de cor ela troco; Rosa da Silva é viúva e mãe solteira, mixiriquera num tem como nem fala; Dos quatro fio, o mais novinho o grande cuida, os otros dois leva no colo até cansa; Rosa! Tu és a flô do meu jardim; Tu és o amor que eu sempre quis morena; Quero você perto de mim; E a sim, eu vo levando onde for, enquanto a rosa num me qué... Eu vo levando seu amor.


Profile Style - Long Answer - Codigos Ning - Não Responda esta Questão -

18760-000


Minhas fotos

Conquistas pela participação


Pontos ganhos: 0

Meus amigos (1)

Minhas Discussões

Autor em tela

CPP