Todos os posts (14810)

Classificar por

A Vida

A Vida

Como conjugar este verbo de segredos
O verbo viver onde o saber não encontra
Explicações ornamentadas por tantos medos
Onde as fragilidades humanas uma conta


Os fortes parecem ser mas são frágeis
Circunstâncias inesperadas ameaçam
Os ternos bem corta

Saiba mais…
Visualizações: 16
Comentários: 9

Amor

Amor

Amo e com maestria, é tão bom amar!
Traz à alma uma sensação de ternura
E para o coração um forte pulsar...

Sinto feliz com tamanha candura
Vejo meu mundo com flores coloridas,
Regozijo - me cantando com a vida.


Sinto a caminhada suave e solta

Saiba mais…

LISBOA

LISBOA

 


Lisboa, esta cidade tão bonita
Que o rio Tejo namora à descarada,
Não tem trajes de gala, veste chita
Mas para receber é bem prendada

 

Encheu recentemente as suas ruas
De gente que aportou de todo o mundo!
E mostra essas belezas que bem suas
Fazem se

Saiba mais…
Visualizações: 13
Comentários: 4

UM OLHAR

UM OLHAR

 


Nossos olhos são janelas
para a alma se mostrar...
Lá fica ela atrás delas
a gente a vê-la por elas
por um simples, mero olhar

 


Adoro fazer o estudo
de todo o olhar que chega...
Este é doce, tem veludo,
aquele diz sobretudo
que a alma não (me) sosseg

Saiba mais…
Visualizações: 13
Comentários: 2

Andar

Andar

 

 

Andei por aí a procurar

O que não sabia querer achar

Penso que longe fui

Que por muitos lugares andei

Que por imensos mares naveguei 

E o que não sabia procurei

E o que sabia querer saber

Penso ter encontrado achei

 

Mal caminhava pela cozinha

Muito pou

Saiba mais…

Natureza em perigo.

Natureza em perigo

 

 

Tantos avanços conseguimos
porém em outra seara humana
nos perdemos e regredimos


O homem ainda teima em consumir
a flora de modo agressivo e ganancioso
Derruba, devasta, causa efeitos danosos


O planeta sofre com a desenfreada ambição
não

Saiba mais…

Desdêmona

Desdêmona

 

Ah, Desdêmona. Que ama, suplica e chora.

Tu só querias a metade de uma hora:

“- Half an hour! ... while I say one prayer”!

Sim, para rezar. Era o quanto te bastara,

Mas não se viu atendido o justo brado

E não rezas, o que mais te faz padecer.

Quã

Saiba mais…
Visualizações: 20
Comentários: 4

Sabor da solidão

Sabor da solidão

Dizer que a solidão traz muita tristeza,
Não sinto que essa frase é verdadeira
Basta tirar proveito, ela tem beleza.
A solidão me faz sentir altaneira!

Sempre vem acompanhada da saudade
Daquela saudade linda que vivida
Os bons momentos de

Saiba mais…

RESPOSTA

 

RESPOSTA

 

Pergunto eu
Como isso aconteceu?
Fico sem resposta
O coração gosta, porque gosta.
Interação mútua
Loucura nossa!
E agora?
Ainda sem resposta
Pensei que fosse algo fugaz
Sem apego e nada mais
Errei!
Algo atrativo e imperativo

Saiba mais…
Visualizações: 14
Comentários: 6

NOITE DE NÚPCIAS DE DONA BALBINA

 

 

NOITE DE NÚPCIAS DE DONA BALBINA

 

(humor, sátira)

 

Nascida em áureo berço e áureos tempos
Quiçá argênteo só mas prata fina

Com ancestrais ilustres, uns portentos,
Assoma ao Mundo a de... Dona Balbina

 

A sua excelsa, ínclita ascendência,
Esmerou em toda a

Saiba mais…
Visualizações: 19
Comentários: 5

OUTONOS

OUTONOS

 


Amigo, é natural em dia de anos
dizeres: faço "tantas" primaveras;
depois te cumprimentam bem ufanos
alguns até te "cravam", o que esperas?

 


Prossegues na contagem sem sentir
que um tal passar dos anos é veloz;
se a vida te for grata e te sorrir
num

Saiba mais…
Visualizações: 13
Comentários: 8

Velhas faces

Eu folheei páginas procurei em bibliotecas
Remexi velhas poesias esmiucei dicionários
Me perdi por estradas quase fiquei careca
Então lembrei dele o que escrevi no diário

Lembrei o porque de gostar das canções de amor
Naquelas linhas eu vi um mundo qu

Saiba mais…
Visualizações: 22
Comentários: 6

Sol Envergonhado

 

Sol Envergonhado 

 

 

Que linda imagem

Neste pôr do sol 

Diz-se crepúsculo 

Que já se escondeu para dormir

O sol anda meio envergonhado 

Com gente ruim

Com a destruição daquilo 

Que ele o sol tem de alimentar

Esquentar para aquecer 

E dar sobrevivência a vida

A

Saiba mais…
CPP