Todos os posts (18017)

Classificar por

Vicissitude do Coração

-Esse coração precisa saber! Tem que deixar de ser tão inocente
Se embriaga de emoções feitas por expectativas,
Sem correspondência.
Fica sempre tencionando um ais, uma estrelinha de elogios
Algo provindo de onde? Ele não quer saber.
-Esse coração é

Saiba mais…
Visualizações: 25
Comentários: 7

Sede

Sinto sede de conhecimento
Sede de expressar a arte
Extravasar a alma...
Num grito silencioso.

Tenho sede na minha alma
Escrever versos me acalma
Não vejo o tempo passar
Poesia é a arte de amar!

Sinto sede de verso e poesia
Letras dançando formando
Poe

Saiba mais…
Visualizações: 14
Comentários: 6

Poesia com Alegria

Os meus versos dançam de alegria
Nesta tarde cinzenta de chuva
É vigor da alma da minha poesia
Ela chegou agitando de mala e cuia!
Sou filha da mãe alegria, que sorria.
Como passarinho cantava todo o dia
A liberdade da alegria era a poesia
Os versos

Saiba mais…
Visualizações: 15
Comentários: 6

A Alegria

A alegria é como uma plantinha
Temos que cuidá-la todo o dia
O sorriso logo pela manhã
Gesto de alegria e nada de mau humor
Pois o tempo é do meu Senhor
A felicidade e alegria são irmãs!

A alegria brota da alma bondosa
Ela é gentil e caprichosa..
É gr

Saiba mais…
Visualizações: 17
Comentários: 5

"Você Sabe o que São Valores"

Você Sabe o que São Valores?

É como se falasse sobre a reunião das normas básicas, preceitos morais, regras sociais que são passadas de uma pessoa, sociedade, grupo, ou cultura para outra. Isto é valor.

E aqui paro e pergunto e juridicamente o que são

Saiba mais…
Visualizações: 14
Comentários: 6

ALDRAVIAS 🌷

ALDRAVIAS 

 

águas

passadas

jorram

cahcoeiras

de

saudades

 

🤍

 

 festejando

a

chegada

poemas

em 

revoada

 

🤍

 

Lilian Ferraz

02/12/2023

Saiba mais…
Visualizações: 24
Comentários: 10

"Deserto, Diversos Desertos"

Particularmente, eu não sei como seria se eu tivesse que morar em um deserto, não sei nem mesmo como os “Beduínos” e os “Tuaregues” vivem, sinceramente, eu já teria morrido, ou estaria sentado numa duna de areia fazendo crônicas. Mas, e você o que vo

Saiba mais…
Visualizações: 30
Comentários: 10

Novidade repetida

 Porque tenho tantas dúvidas?

Talvez eu seja a própria dúvida,

Quero muito meu ouvir e o céu que eu espero ainda não e meu,

O talvez e algo tão surreal quanto sentir que estamos fazendo algo grande, 

Não combino com nada, 

Sou apenas uma novidade repetida

Saiba mais…
Visualizações: 15
Comentários: 4

Sobre ontem hoje e amanhã

Eu não sei se o fim de fato está perto ou não
Com certeza bem mais próximo do que antes
Nada eu fiz de correto esta é minha sensação
Se o fiz então minha lembrança é discordante

Ouso às vezes questionar se estou sendo justo
Quando busco na memória uma

Saiba mais…
Visualizações: 17
Comentários: 7

Manhãs desabitadas

 Desejo iluminar os recantos profundos onde ninguém chega, quero ser essa  última luz trazendo a primavera,

Prefiro saber que os sonhos não esperam ,existe algo entre esses papéis com minhas linhas mal escritas e um  amanhecer queimando nesse fogo de

Saiba mais…
Visualizações: 21
Comentários: 4

Mau Tempo

Mau Tempo

O passado bateu à minha porta
Fui atender
Não havia ninguém!
Agora é o presente que está batendo
Nem vou atender
Quando eu chegar à porta ele já foi embora também!
Pensando bem
Vou ficar aqui à porta
Esperando o futuro
Será que ele vem?
E quando ele

Saiba mais…
Visualizações: 32
Comentários: 6

Sonho de verão (ACRÓSTICO)

Sol que aquece meus dias

Ofertando me luz e calor

Nuvens assim se dispersam

Honrarias a ti concedida

Observo a cena fascinada

 

Dedico a ti meus poemas

Exalto teu ardor nas cenas

 

Vejo ao longe uma ilha

Espera longa se finda

Recomeço nosso enredo

Amor,expecativ

Saiba mais…
Visualizações: 12
Comentários: 3

OBLÍVIO

Certo dia, disse-me um sábio:

"O fracasso é infalibilidade,

Faz-se necessário à felicidade."


Neste jogo chamado vida,

Roda-se em eterna ânsia,

Na qual a casualidade sempre dita;

Felicidade para hoje,

Um Amanhã regado a dores.


O futuro traz medo,

Empurra res

Saiba mais…

Vamos de Poesia (Série Poética)

Interminável amor

 

Parece-me que te amei de inúmeras maneiras, inúmeras vezes,
Na vida após vida, em eras após eras eternamente.
O meu coração enfeitiçado fez e voltou a fazer o colar das canções
Que tomaste como uma prenda, usando-o à volta do pescoç

Saiba mais…
Visualizações: 14
Comentários: 5
CPP