ÉRAMOS APENAS FÁBULA

 

não nos abraçávamos

nos amarrávamos

 

dia após dia

 

era nunca buquê

mas maços enrolados

apertados de morte

 

e você

dia após dia

me enrolava

me apertava de morte

 

um dia

 

o nó apertado

esganou

braços

esmagou

gargantas

 

e ficamos assim

desfalados

 

num buquê

desflorido

apertado num tempo

esquecido de morte

 

Mírian Cerqueira Leite

 

 

SOBRAS DE UM POEMA

 

rasguei meus versos

e choros voaram

 

timidamente perversos

 

rezando poesia

nas sobras do vento

e as ladainhas

desfaziam-se

em contas órfãs

 

uma e outra

e mais uma

e mais outra

 

meus pobres versos

caíam secos

 

nascidos de rosários zombeteiros

rolavam sobre si mesmos

as desenroladas contas tontas

pelas calçadas

sumindo-se nos bueiros

 

Mileite

Minhas Atividade

Mirian C Leite posted blog posts
Mar 1
Mirian C Leite posted a discussion in ImagPoesia
REINOS rugiamos céuse ele trovoadas e lamentosconfundiam-se nos sons olhavam-seo sol entre nuvenscarregadas de águae eleo sol da terracarregado de reinados tristes sonsnuvens despedindo-se dos céuse eleo rei das selvasdespedindo-se dos seus Mileite 
Fev 10
Mirian C Leite agora é membro de ImagPoesia
Fev 10
Mirian C Leite promoted Livita Silva's blog post moldura azul floral in Para formatar seus blogs
Fev 10
Mirian C Leite replied to Edith Lobato's discussion ENCERRADO - tema para o périodo de 05/02/18 a 05/03/18: "Na gota de água que evapora" até as 20 horas in TemaPoesia
"PEQUENA BIOGRAFIA DE UMA GOTA
 
Era apenas uma gota. Dessas gotas espirradas de algum canto. Qualquer canto. Mas esta era cristalina. Puríssima. Ela nem sabia onde havia caído. Muito menos de onde viera. Sabia, sim, que lá era frio e denso. Sabia qu…"
Fev 10
Mirian C Leite atualizou a foto do perfil
Fev 9
Mirian C Leite agora é membro de Casa dos Poetas e da Poesia
Fev 8

Meu Blog

A MENINA QUE DEIXOU DE SER CRIANÇA

A MENINA QUE DEIXOU DE SER CRIANÇA

 

LAURA

Laura era apenas uma criança cheia de expectativas do que seria o mundo ao seu redor.

Contava seis anos de idade e estava na primeira série do antigo Grupo Escolar.…

Saiba mais…

EI, OLHA PRA MIM

EI, OLHA PRA MIM!

 

Pessoas se espalham por todos os lugares como se fossem água sem barragem.

Aqui e ali, sempre esbarramos uns nos outros. Nas intermináveis filas nos caixas de banco, supermercados, postos de saúde,…

Saiba mais…

Comentarios

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.

Sobre Mim

Aniversário:

Mai 13


1) Qual o teu nome completo?

Mírian Cerqueira Leite


3) Data de nascimento (não é necessário o ano)

13/05/1951


4) Local de residência (apenas Cidade, Estado e País)

São Paulo - São Paulo - Brasil


5) Mini Currículo (trabalho, experiências, gostos e ou preferências, família, produção poético-literária...).

Atuo como Psicóloga Clínica em consultório próprio, "Higeia - Espaço Cultural e Terapêutico", há mais de 25 anos. Algumas pós-graduações em Psicologia Existencial, Logoterapia; Medicina Psicossomática, Arteterapia, Terapia Artística pela Antroposofia. Formei-me em Ilustração e Publicidade pela Escola Panamericana de Arte em 1969. Ministrei aulas de pintura em ateliê próprio durante 15 anos. Participei de várias exposições de pintura e concursos de poesia em bibliotecas públicas. Expunha meus trabalhos artísticos na Praça da República, Praça Benedito Calixto, e outras. Trabalhei durante 10 anos na Imprensa Metodista como desenhista e ilustradora. Atuei como Psicóloga Institucional durante 10 anos, desenvolvendo trabalhos junto aos internos com necessidades especiais e funcionários. Sou casada. Três filhos. Cinco netos. Sou participativa, tanto junto à família de origem, quanto da família constituída. Gosto de música clássica e brasileira, orquestrada, cantada e encenada. Teatro, cinema e conversa fiada. Estou rodeada de livros, papéis e canetas. Passeios ao ar livre, montanhas e cachoeiras. Gosto de viajar por aqui e por outros países.


6) Quem o/a indicou para a Casa dos Poetas e da Poesia (ou como ficou sabendo desta)?Cite o nome da pessoa que a/o indicou ou convidou.

Zeca Avelar


8) Está ciente que as poesias eróticas (caso as tenha), devem ser postadas no Grupo de Literatura erótica?

Sim.


9) Concorda em interagir conforme possa, com os demais membros participando e interagindo das atividades da Casa?

Sim, na medida do possível.


10) Está ciente que NÃO DEVE POSTAR mais que 3 (três) Mensagens por dia no Blog Geral?

Sim.


11) Deixe o Link do Facebook, Recanto das Letras ou outro site onde possamos saber mais de você.

http://www.facebook.com ou recantodasletras.com.br ou página no facebook "A Janela da Alma"


12) Publique neste espaço, uma Poesia ou texto de tua autoria. (não precisa ser extensa/o)

ORIGEM não quero o barulho dos carros dos ônibus das sirenes apressadas e nervosas quero o barulho da chuva dos bem-te-vis das calhas mansas e passivas quero a paz das enxurradas escorregando-se no meio-fio das calçadas quero o cheiro da terra molhada fartando-se nos respingos das folhas quero um querer relâmpago brilhando vida simples nos sons distantes das trovoadas Mírian Cerqueira Leite MEMÓRIAS é uma chuva tão fina que cai é um som tão triste sobre o telhado que meus olhos chovem Mírian Cerqueira Leite


Minhas fotos

Conquistas pela participação


Pontos ganhos: 0

Grupos que participo

Minhas Discussões

REINOS

REINOS   rugiam os céus e ele   trovoadas e lamentos confundiam-se nos sons   olhavam-se o sol entre nuvens carregadas de água e ele o sol da terra carregado de reinados   tristes sons nuvens despedindo-se dos céus e ele o rei das selvas…

Saiba mais…

Autor em tela

CPP