Discussões de Frederico de Castro (11)

Classificar por

Verbo amar...no imperativo

723659?profile=RESIZE_1024x1024

Queria um tempo só pra mim
Mas peço se possível uma eternidade para dois
Um cálice de novas chances para tantos
Louca voragem ou nuance, gesto infindo repleto num sorriso
Com direito reservado e exclusivo nesse romance

Tudo o que resta do amor são

Saiba mais…

A surpresa do momento

722637?profile=original

Senti o espanto se esgueirando sem expectativa

Os olhos apagaram sua luz deixando a manhã

Ás escuras emigrando sem mais narrativa

 

A surpresa do momento definhou desatinada

Deixando no ar o ultimato à esperança dilacerada

Adiando cada hora provisó

Saiba mais…

E no fim resta...

721770?profile=RESIZE_1024x1024

E no fim resta...
A madrugada que se despede impotente
devoradora qual réstia de uma ilusão enferma
ondulando pelos beirais do meu coração
Memórias idas nesta epidemia de saudades
onde esquartejo a vida repleta de solidão

E no fim resta...
Aquilo que a

Saiba mais…

Só em voçe...

719621?profile=original

Só em voçe encontro o romantismo

provocando-nos em uníssono

o desejo de amor declarando aos ventos

o perfume contagiante de ti

a preciosa hora imaginada

em gomos glamorosos,repentinamente

enclausurados nas margens longínquas

onde me faço teu rio

e

Saiba mais…

Ah...como eu queria

Ah como eu queria

brindar o sol com gomos

de luz passeando em debandada

pelos teus céus despertando

loucos desejos tão cruciais

silenciando os beijos

que me deixaste tão marginais

 

Ah como eu queria

reflectir-te minhas paisagens

desenfreadamente co

Saiba mais…
CPP