Sobejou

Sobejou

As dificuldades vão nos assolando
Noite adentro nos castigando
O terror é o carro-chefe
A incerteza é a nossa amante.

O paladar tem gosto de barro cozido
Suor e lágrimas reservo como água
A morte com…

Saiba mais…

Ao Largo

Ao Largo

Submergiram os meus sonhos
Na penosa caminhada da vida
Nas tortuosas expectativas que tínhamos
Apagaram-se !
Era a última chama de esperança.

Sorveram toda a minha confiança
Desmistificaram com…

Saiba mais…

O logos é o Amor

O Logos é o Amor

Que aconteça o Amor
Em todos os corações
Na alegria ou na dor
Expandindo-se em todas as direções.

No princípio tudo era harmonia
O essencial foi se perdendo por entre desigualdades
A falta de…

Saiba mais…

É tempo de liberar -se

É tempo de liberar-se

Vem o impensável em meio ao caos
São os movimentos de cura interior
No palco da vida sou o protagonista.

Os tormentos estão passando
Os temores vão sendo dispersados
Penso : Hoje é o meu…

Saiba mais…

Ser louco

Ser louco

O vento assovia em tantas direções
Reunindo as diversas maneiras do pensar humano
Em imensos turbilhões de ideias
Procuro não raciocinar sobre tais questões.

Padrões
Observem os tão sonhados padrões…

Saiba mais…

Retrato

Retrato

Por onde ando ?
Nunca saberei ao certo !
Só sei que continuarei a caminhar.

Solidão é querer ficar sozinho
Vazio é ser excluído do convívio
Situações inevitáveis ao longo de uma vida.

Tenho medo do…

Saiba mais…

Comentarios

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    Querido Carlos,

    Para comentar algo deixado em sua página, você deve ir á página de quem deixou o recado e comentar na caixa de entrada dele ou dela.

    Por exemplo:

    Caso queira responder para mim:

    Você clica no meu nome ou na minha imagem.

    Será direcionado ao meu perfil.

    Deverá procurar a caixa de entrada e fazer o comentário lá.

    As caixas de entrada podem estar bem abaixo quando o membro faz muitas postagens.

    Abraços.

  • Gestores

    BOA NOITE CARLOS!

    3641565858?profile=RESIZE_710x

  • Como comento individualmente ? Não aparece abaixo de cada comentários a opção comentar, só tenho a opção eliminar. Atenciosamente Carlos 

  • Gestores

    Carlos,

    Parabéns pelo seu aniversário transcorrido recentemente. Saúde e felicidades!

    3507951001?profile=RESIZE_710x

  • Gestores Adm

    Seja bem vindo poeta, Carlos de Campos.

    Desejamos que te sintas feliz nesta Casa.

    Que a leitura seja o motivo para muitas inspirações.

    125016020?profile=RESIZE_710x

  • Gestores

    SEJA BEM VINDO CARLOS!

    3489181239?profile=RESIZE_710x

  • Gestores

    3489592390?profile=RESIZE_710x

This reply was deleted.

Sobre Mim

Aniversário:

Agosto 26


1) Qual o teu nome completo?

Carlos de Campos Teixeira Júnior


3) Data de nascimento (não é necessário o ano)

26-08-1980


4) Local de residência (apenas Cidade, Estado e País)

Biritiba Mirim, São Paulo, Brasil


5) Mini Currículo (trabalho, experiências, gostos e ou preferências, família, produção poético-literária...).

Apaixonado pela vida


6) Quem o/a indicou para a Casa dos Poetas e da Poesia (ou como ficou sabendo desta)?Cite o nome da pessoa que a/o indicou ou convidou.

Margarida


8) Está ciente que as poesias eróticas (caso as tenha), devem ser postadas no Grupo de Literatura erótica?

Sim


9) Concorda em participar e interagir conforme possa, com os demais membros nas atividades da Casa?

Sim, na medida do possível.


10) Fique ciente que NÃO DEVE POSTAR mais que 3 (três) Mensagens por dia no Blog Geral?

Sim


11) Caso possua, deixe o Link do Facebook, Recanto das Letras ou de qualquer outro site onde possamos saber mais de você.

http://https://www.recantodasletras.com.br/autores/maieutica


12) Publique neste espaço, um pequeno texto, que considere poético. Pode ser inspirado na hora. Não precisa que seja algo que tenha sido publicado. De certo modo: TODOS somos Poetas!

Somos nossas escolhas O recanto estava quente e florido Repleto de frutos e flores Havia, também, muita abundância de amor. Alguém que observe atentamente a natureza Sabe identificar todo o seu potencial Sua capacidade de nos sustentar e oferecer sua beleza. Ah! Quantas atitudes tomamos que violentam a mãe Terra Que vai incomodando sua harmonia Silenciosamente, ela procura ir se superando. Indiferentes, simplesmente permanecemos Até o dia que não terá mais volta. Então, teremos que encarar a renovação dura. Experimentaremos sua força avassaladora ! E pagaremos por todos os desmandos que contribuímos e provocamos. Ninguém, será capaz de se esconder Ninguém ! Carlos de Campos


Grupos que participo

CPP