Posts destacados (3064)

CORAÇÃO DE PEDRA

 

Coração de Pedra

 

De sentimento estranho ao amor

Insensível ao doce da emoção

Resistente ao frio e ao calor

É um pobre duro coração

 

De amar desconhece o valor 

Nunca usa de compaixão

Negando da vida o sabor

De pedra é esse coração

 

Como uma rocha é seu inte

Saiba mais…
Comentários: 9

DILEMA

 

DILEMA

Não poderei falar do meu lamento.
Ou descrever a angústia de minh'alma
Se em meio a tanta dor, tormento,
O estertor na terra se espalma.

Minh'alma triste flui em pensamento,
Não s'entregar e nem perder a calma,
Diante do caos da dor em advento,
A inc

Saiba mais…
Comentários: 8

Ontem...

 

6253981496?profile=RESIZE_710x

 

Ontem...

 

 

...Derrubei 

tuas muralhas.

Afoguei minha carência

no teu sangue 

Morri mil vezes

no teu corpo.

 

Ontem...

me perdi em ti,

para sempre

ou nunca mais!

 

Ciducha

 

Santos,26 de Julho de 2010

 

 

 

Saiba mais…
Comentários: 7

DEPOIS DO AMOR A PAZ

Depois do amor quero a paz

Junto à calma que traz consigo

O perfume da primavera num lindo

Desabrochar de uma flor que nasce.

 

Quero descansar numa banheira

Junto a teus beijos, calmo, quente,

Com uma caricia terna de um olhar

Cheio de mistério nesta tua a

Saiba mais…
Comentários: 1

POESIA BOTÃO EM FLOR!

POESIA BOTÃO EM FLOR!

Poesia e assim como botão em flor

Vai surgindo vagarosamente... Aos pouco

Vão surgindo quase como uma sementinha

Ou folhinhas e quando menos esperamos

Surge um belo botão.

Dai por diante não demora aparecer

Uma bela rosa.

Poesia

Saiba mais…
Comentários: 4

Sinto que fiquei pra trás

Sinto que fiquei pra trás

Hoje olho para as pessoas

E vejo nelas muitas evoluções

Mudanças físicas, psíquicas

E principalmente nas ações.

 

Pessoas que fizeram parte da minha infância

Hoje estão tão diferentes

Quanta mudança!

Estão próximos e ao mesmo tem

Saiba mais…
Comentários: 1

Labirinto de saudades

6214248098?profile=RESIZE_710xLabirinto de saudades

Sigo o viver com esperança no porvir
Meu coração é um livro velho, todo rustido.
Retrato nos olhos o meu sentir
Escrevo em versos o que tenho vivido.

Num labirinto de saudades e tristezas
Tento todas as mágoas afagar
Na solidão so

Saiba mais…

Poeta é assim..

6214376867?profile=RESIZE_710xPoeta é assim...

Nesse entardecer eu vi a tua imagem
acenando do céu para mim...Que emoção!
O sol caía sobre a bela ramagem
lentamente, até desaparecer na imensidão.

No momento não vi mais folhagens
Escureceu. O céu cobriu– as de negridão
Te ver acenan

Saiba mais…

No galope do vento

 
 
6209916498?profile=RESIZE_400xNo cerrado goiano, cavalgo
estrada depois de estrada
em ritmada cadência.
 
Solto a rédia, abro os braços,
dou-me ao vento sem tempo 
passado ou destino galopo
 sem bridão em desatino.
 
Nas estradas que percorro vou
cortando trilhas na dianteira.
Levo o Arag
Saiba mais…
Comentários: 8

De repente

6214332469?profile=RESIZE_710xDE REPENTE

De repente o silêncio aconteceu
Meu coração disparou de emoção
Todo céu lindo, anil se tornou breu
O amor cresceu em total escuridão.

Nossas mãos se tocaram...me entreguei...
Nossos lábios se uniram...enlouqueci!
Que delícia em teu corpo eu

Saiba mais…

Glosa

Mote: Márcia A. Marcebo
Glosa: Sandro Pereira

Quando bate a saudade eu te chamo
Mesmo sabendo que estais distante

À noite nasce em choro me derramo
Não te esqueço em nenhum instante
Vivo na esperança, e amor proclamo
Sei que o amor é intenso e constan

Saiba mais…
Comentários: 4

QUEM ÉS ?

 

6125486293?profile=RESIZE_710x

QUEM ÉS

Ah! Que tristes e impenetráveis são teus cantos.
Ah! Quantas dores, quantos ais... Quanta saudade...
Quantas liras de amor que em todos os recantos
ecoam sofridas nas dobras da eternidade!

Mas ó doce Euterpe: -Por que tantos encantos
se es

Saiba mais…
Comentários: 6

Esperança tamanha

6154319101?profile=RESIZE_710xEsperança tamanha

Em isolamento a pensar na vida
Passo as horas contando os minutos
Um turbilhão de pensamentos
deixam – me comovida
Pois, a fragilidade me toma
cada vez que no silêncio me escuto.

Me escuto, pois, volto para meu íntimo
e sinto que toda

Saiba mais…

Divã do poeta

6152636472?profile=RESIZE_710xDivã do poeta

A vida desonerou-me de obrigações
que passo horas no silêncio presa.
Vagueio e nessa constante distração
Nesse reino de fantasia sou condessa.

Fantasio, maquio personagens
Escrevendo poesias como alento
Recordo outrora, outra paisagem

Saiba mais…

Estigma

6151251474?profile=RESIZE_710xEstigma

Refém dos sentimentos, digo o que sinto;
Se feliz estou, demonstro a alegria
extravaso o sentir e nada minto.
Brilha o olhar e cora a fisionomia.

Liberto em rabiscos e sem ter medo.
Minha mente é de idéias, um labirinto
onde caminho revelando

Saiba mais…
CPP