Minhas Atividade

António Carlos M. G. Saraiva replied to António Carlos M. G. Saraiva's discussion Versos impregnados in TemaPoesia
"Agradeço muito a gentileza das suas palavras e a arte muito inspirada. Um beijo grande! "
ontem
António Carlos M. G. Saraiva replied to António Carlos M. G. Saraiva's discussion Nuvens brancas in ImagPoesia
"Muito obrigado, querida amiga!  Honrado..  "
Sábado
António Carlos M. G. Saraiva replied to António Carlos M. G. Saraiva's discussion Versos impregnados in TemaPoesia
"Beijo! "
Sexta-feira
António Carlos M. G. Saraiva replied to Nina Costa's discussion PEGADAS... in TemaPoesia
"Gostei muito das suas "pegadas" envolvidas na sintonia do mar...
Belos versos.
Saudações poéticas!
Beijo."
Quinta-feira
António Carlos M. G. Saraiva e Nina Costa agora são amigos
Quinta-feira
António Carlos M. G. Saraiva replied to António Carlos M. G. Saraiva's discussion Nuvens brancas in ImagPoesia
"É uma honra!
Muito obrigado pelas suas palavras.
Beijo."
Quinta-feira
António Carlos M. G. Saraiva replied to António Carlos M. G. Saraiva's discussion Nuvens brancas in ImagPoesia
"Lindas palavras! Um beijo. "
Quinta-feira
António Carlos M. G. Saraiva replied to António Carlos M. G. Saraiva's discussion Versos impregnados in TemaPoesia
"Obrigado pelas palavras de apreço,  Angélica. Um abraço. "
Quinta-feira
António Carlos M. G. Saraiva replied to António Carlos M. G. Saraiva's discussion Nuvens brancas in ImagPoesia
"Que assim seja... Abraço!"
Out 23
António Carlos M. G. Saraiva commented on António Carlos M. G. Saraiva's blog post Poesia
"Rsrsrsrsrs...
Achou a poesia?
Um abraço!!!"
Out 22
António Carlos M. G. Saraiva commented on António Carlos M. G. Saraiva's blog post Poesia
"Muito agradecido,  Antonio, e feliz por ter gostado da imagem que criei... Grande abraço! "
Out 22
António Carlos M. G. Saraiva commented on António Carlos M. G. Saraiva's blog post Poesia
"Um abraço, Edith!"
Out 21
António Carlos M. G. Saraiva commented on António Carlos M. G. Saraiva's blog post Poesia
"Um abraço, Márcia!"
Out 21
António Carlos M. G. Saraiva e João Carreira agora são amigos
Out 21
António Carlos M. G. Saraiva replied to Edith Lobato's discussion Sarau em comemoção ao dia do poeta e ao dia Nacional da poesia! PARTICIPEM!

 CANTO DA LUA
 
Nada se iguala a essa Natureza
Certeza que impregna de luz sábia
O canto das aves apaga-nos o medo
Da escuridão do temor na incerteza
Onde tem água cresce mais mundo
Atento e profundo à nossa beleza
A alvorada proclama o ser nascen…"
Out 20
António Carlos M. G. Saraiva commented on António Carlos M. G. Saraiva's blog post Poesia
"Muito obrigado pelo carinho, Maria José! "
Out 20
Mais…

Meu Blog

Comentarios

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.

Sobre Mim

Aniversário:

Setembro 9


1) Qual o teu nome completo?

António Carlos Mongiardim Gomes Saraiva


3) Data de nascimento (não é necessário o ano)

09/09/1957


4) Local de residência (apenas Cidade, Estado e País)

Mantena/Minas Gerais/Brasil


5) Mini Currículo (trabalho, experiências, gostos e ou preferências, família, produção poético-literária...).

  • Português, residente no Brasil desde 1995. Tradutor, artista plástico e escritor. Seis livros publicados no Brasil. Participação em mostras individuais e coletivas no Brasil e exterior. Premiações e distinções. Membro fundador da Academia Internacional da União Cultural, cadeira 53, patrono: José Saramago.


6) Quem o/a indicou para a Casa dos Poetas e da Poesia (ou como ficou sabendo desta)?Cite o nome da pessoa que a/o indicou ou convidou.

Margarida Madruga


8) Está ciente que as poesias eróticas (caso as tenha), devem ser postadas no Grupo de Literatura erótica?

sim


9) Concorda em participar e interagir conforme possa, com os demais membros nas atividades da Casa?

sim


10) Está ciente que NÃO DEVE POSTAR mais que 3 (três) Mensagens por dia no Blog Geral?

sim


11) Deixe o Link do Facebook, Recanto das Letras ou outro site onde possamos saber mais de você.

http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=105206


12) Publique neste espaço, uma Poesia ou texto de tua autoria. (não precisa ser extensa/o)

  1. O pastor / sou o silêncio de um pastor / guardo o meu rebanho atrás do monte / uso em liberdade as minhas cores / penso nas estrelas sem ter ciência / apenas cuido dos meus amores /observo o céu sem metafísica / basto-me no regalo do vento / sou pássaro pousado em vida / água que escorre do meu lamento / quando avisto as outras terras / marco as ovelhas na memória / e ouço o eco do seu balir / no sol escrevo outra história / conto os passos que hão-de vir / os meus cães são como gente / levam e trazem o meu rebanho / são anjos que me seguem de perto / abrem o caminho que vem a seguir / quero deixar para as estrelas / uma janela sempre aberta / por essa imensidão distante / quero sempre poder vê-las / em volta do meu rebanho / de uma forma delirante / mongiardimsaraiva


Conquistas pela participação


Pontos ganhos: 7117

Grupos que participo

Minhas Discussões

Nuvens brancas

 Viajo pelas nuvens brancasEntro na bruma da memóriaSou história inacabada e sóQue paira no céu sem vozNas rotas largas e francasQuando subo sou albatrozAo descer pareço uma águiaFeroz contumaz e sem dóAo sobrevoar a nossa terraSinto uma tontura…

Saiba mais…

Versos impregnados

  receba estas palavras impregnadaspor tudo o que passamos juntosem doces epopeias encantadaspela luz do dia que nos confinousaiba que o meu apreço maioré tê-la aqui comigo para semprecomo borboleta que em mim pousoupor isso suplico por outras…

Saiba mais…

Caçador de mim

   só vejo letras e borboletastudo o resto eu quis esquecerpor isso não quero mais versó lembrar que não quero sersou o canto do rio que passamontanha escura sem gemerquero ser o tempo com graçaescutar no eco o meu viveràs asas atribuo a minha…

Saiba mais…

Suspenso

  Suspenso, resiste às intenções dos amigos Que torcem amigavelmente pela sua queda, Apesar da luz forte e amarelada que parece mantê-lo ali para sempreÀ mercê dos braços suaves e fortes da calmaria do lago. À margem de si mesma, a imagem conseguiu…

Saiba mais…

Entre mundos

Entre MundosOscilo e danço entre o brilho do sol e o luar soturno. Sou balanço que quer fugir do prumo. Em metáforas de solidão ensaio o meu canto de ave certeiro. Sou na minha música um acorde suave e passageiro.Persigo o céu e os pássaros que…

Saiba mais…

Autor em tela

CPP