Criança

José Carlos de Bom Sucesso - ALL

 

Criança feliz

Sorridente,

Com seu herói valente

Ainda aprendiz.

Um brinquedo na mão

Se é homem, seu caminhão.

Para a avó, sua neta

Linda, semelhante a uma boneca.

Um bico na boca

Deixa a mãe louca

Chorando, fome à vista.

Do caderno faz a lista

Dizendo ser médica

Não sabe ainda a ética

Quer ser gente grande, ser temida.

Um sorriso, um olhar, uma olhada tímida.

Será o futuro,

O presente recheado de ouro

Por ser criança

Aprendendo a primeira dança

Da criança, a esperança.

Vamos brincar

 José Carlos de Bom Sucesso - ALL

De roda, com belas canções

Até mesmo de pique.

Quem sabe o pique boia,

Até mesmo o de correr.

A rouba bandeiras,

Com muitas meninas...

Correr, correr até suar.

De uma bola murcha

Brincar de queimada

Juntando toda meninada.

Tentar jogar bolinha de gude

Sujar as mãos de barro

Limpando-as na velha camisa branca.

Jogar futebol e mandar a bola na horta da vizinha.

Sair correndo após apertar a campainha

Da velha senhora da casa do sobrado.

Quem não quer brincar

Das brincadeiras de criança.

Correr em todos os cantos da rua

E já cansado, beber água da biquinha

Um a um, na velha canequinha

Ir para casa e dormir...

 

Minhas Atividades

Angélica commented on JOSÉ CARLOS DE BOM SUCESSO's blog post O almoço
"Parabéns José Carlos! Excelente texto!"
15 de Jun de 2021
Alcebíades Júnior commented on JOSÉ CARLOS DE BOM SUCESSO's blog post O almoço
"Excelente!
Aplausos!"
6 de Jun de 2021
JOSÉ CARLOS DE BOM SUCESSO posted a blog post
O almoço (José Carlos de Bom Sucesso – Academia Lavrense de Letras)             O sol luzira forte.…
5 de Jun de 2021
Márcia Aparecida Mancebo commented on JOSÉ CARLOS DE BOM SUCESSO's blog post Águas
"Belíssimo!!!
Parabéns, José Carlos.
Um abraço"
24 de Jan de 2021
JOSÉ CARLOS DE BOM SUCESSO posted a blog post
 Águas (José Carlos de Bom Sucesso – Academia Lavrense de Letras) As águas do riozinhoVão correndo…
24 de Jan de 2021
Márcia Aparecida Mancebo commented on JOSÉ CARLOS DE BOM SUCESSO's blog post O medo e o poeta
"Um espetáculo seu poema.
Muito lindo, mesmo.
Parabéns, José Carlos!
Um abraço"
23 de Jan de 2021
JOSÉ CARLOS DE BOM SUCESSO posted a blog post
 O medo e o poeta (José Carlos de Bom Sucesso – Academia Lavrense de Letras) O poeta tem a noite…
23 de Jan de 2021
Edith Lobato commented on JOSÉ CARLOS DE BOM SUCESSO's blog post Chuva caindo
"A natureza é grandisosa e podrosa, também.
Lindo poema, José.
Aplausos!"
9 de Jan de 2021
Edith Lobato commented on JOSÉ CARLOS DE BOM SUCESSO's blog post Liberdade
"E uma ave muito importante para o ecosistema.
Teu poema é maravlhoso!
Aplausos!"
9 de Jan de 2021
JOSÉ CARLOS DE BOM SUCESSO commented on JOSÉ CARLOS DE BOM SUCESSO's blog post Chuva caindo
"Obrigado. Feliz ano novo.
 "
2 de Jan de 2021
Márcia Aparecida Mancebo commented on JOSÉ CARLOS DE BOM SUCESSO's blog post Liberdade
"Simplesmente lindo!!!!
Parabéns. "
2 de Jan de 2021
Márcia Aparecida Mancebo commented on JOSÉ CARLOS DE BOM SUCESSO's blog post Chuva caindo
""
2 de Jan de 2021
JOSÉ CARLOS DE BOM SUCESSO posted blog posts
2 de Jan de 2021
Edith Lobato commented on JOSÉ CARLOS DE BOM SUCESSO's blog post Presente
"Ainda penso que o verdadeiro sentido se perdeu em meio ao comércio.
Aplausos!"
2 de Jan de 2021
Edith Lobato commented on JOSÉ CARLOS DE BOM SUCESSO's blog post O lugar mais belo
"Bonito poema, José.
Meus aplausos!
Feliz Ano Novo!"
2 de Jan de 2021
Angélica commented on JOSÉ CARLOS DE BOM SUCESSO's blog post Presente
""
1 de Jan de 2021
Mais…

O almoço


O almoço (José Carlos de Bom Sucesso – Academia Lavrense de Letras)

 

            O sol luzira forte. A árvore iguala a sombra dos dois lados. Nenhuma nuvem corre no azul celeste. Um tico-tico canta suavemente no alto da árvore. O…

Saiba mais…

Presente


Presente (José Carlos de Bom Sucesso – Academia Lavrense de Letras)

 

O Natal se aproxima.

Dona Maria anda pela calçada.

Com uma bolsa pendurada no ombro,

Lá deverá estar as moedas e as notas de cem.

Vai…

Saiba mais…

Chiquinha


Chiquinha (José Carlos de Bom Sucesso – Academia Lavrense de Letras)

 

Como vai, Dona Mariinha?

Onde está a Chiquinha,

Que se veste de vestido de bolinha,

Andando muito apressadinha,

No ombro, uma linda…

Saiba mais…

Comentarios

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Os comentários estão fechados.

Comentários

This reply was deleted.

Sobre Mim

Aniversário:

Maio 19


1) Qual o teu nome completo?

JOSÉ


3) Data de nascimento (não é necessário o ano)

19/05/1966


4) Local de residência (apenas Cidade, Estado e País)

BOM SUCESSO - MG


5) Mini Currículo (trabalho, experiências, gostos e ou preferências, família, produção poético-literária...).

Sou Contabilista, poeta, escritor e pesquisador de "Causos Populares". Casado, dois filhos, faço parte da Academia de Letras da cidade de Lavras - MG. Gosto de escrever e sempre tenho um pequeno pensamento: Enquanto puder ler, escrever e pensar serei a pessoa mais feliz do mundo.


6) Quem o/a indicou para a Casa dos Poetas e da Poesia (ou como ficou sabendo desta)?

Descobri pela internet.


8) Está ciente que poesias eróticas (caso as tenha), devem ser postadas no Grupo de Literatura erótica?

Sim.


9) Concorda em participar e interagir conforme puder, com outros membros nas atividades da Casa?

Sim.


11) Está ciente que NÃO DEVE POSTAR mais que 2 (dois) postagem por dia no Blog Geral?

Sim.


12) Caso possua, deixe o Link do Facebook, Recanto das Letras ou de outro site onde possamos saber mais de você.

https://Jose Carlos DE B Sucesso


13) Publique neste espaço, uma poesia ou texto de sua autoria (que não seja muito extensa).

BEIJO NA BOCA Olhos fitos Sonham com mitos Do passado, mas o presente Está ali, lindo, feliz, contente É hora da esperança Eternizará mais uma lembrança Momento feliz, Uma carícia no nariz Chegou o momento Algum dia um casamento Olhos brilham fortes Jamais esquecem as mortes Os rostos se unem abrasivos Iguais aos adesivos Lábios se unem momentaneamente É uma união profundamente Amorosa, Sensação gostosa, Do primeiro beijo rápido Talvez o corpo despido Uma lembrança, Mesmo, ainda criança, Do primeiro beijo. ----------------------------------- CANTO DO CANÁRIO Em notas tristes e diferentes Canta o pobre canário na árvore. São lindas melodias Após sofrido os dias Sem amor Sem amada, Sem estar onde não queria. De uma pequena pausa Ele vai cantando Uma canção tão infinita Muito longa, mas bonita. Espanta a dor de que ouve Até mesmo um amor perdido Não se sabe o que ele canta. Sua canção é linda Bem compassada. Não sei se ele tem fome Se comeu algumas sementes. Pobre canário cantante De lindo versos, aos amantes. Linda melodia.


Conquistas


Pontos ganhos: 7362
Recebido:
28 de Mar de 2020

Grupos que participo

CPP